quinta-feira, maio 03, 2007

As 7 Maravilhas Comerciais...

Com base no artigo de Pedro Sobreiro na Rádio Portalegre que poderão ler aqui, não poderia deixar de estar mais de acordo!

De facto o Tuga é bom a apanhar boleia de outros e neste caso, houve quem conseguisse desenrascar-se bem com esta onda das 7 Novas Maravilhas do Mundo, cuja apresentação vai decorrer em Lisboa, no Estádio da Luz, cerimónia que se espera que venha a ser um dos espectáculos televisivos mais televisionados de sempre. Portugal que não tem nenhum monumento incluído nos candidatos a 7 Novas Maravilhas do Mundo decidiu então apanhar a boleia da promoção e da vertente comercial e organizar as 7 Maravilhas de Portugal.

Até aqui tudo bem, caso esta organização fosse por inteiro do Ministério da Cultura algo que não acontece, pois são duas empresas que organizam as 7 Maravilhas de Portugal e que tem feito dinheiro que tem sido uma loucura com a cedência de direitos e depenando as Câmaras Municipais dos concelhos onde há monumentos a concurso. As localidades ganham com este concurso? Parece-me claramente que sim, contudo e devido à projecção monumental, histórica e turística que estas localidades e os monumentos já dispunham antes de se iniciar este concurso das 7 Maravilhas de Portugal, parece-me que as empresas promotoras têm muito mais a ganhar!

Quem fica a perder? Bom, além das Câmaras Municipais, parece-me que as localidades do interior e as menos populosas ficam a perder. Por vários factores. E aqui incluo Vila Viçosa.

Primeiro o factor económico. Por certo não será do interesse dos altos senhores que os turístas possam eventualmente perder turístas para o interior de Portugal. Se há a hipotese de aumentar o turismo no litoral, porquê fazê-lo no interior?!?!

Segundo a localização geográfica. É natural que Óbidos, Tomar, Sintra, Alcobaça, Almourol (Vila Nova da Barquinha), Batalha ou Conímbriga (Condeixa-a-Nova) sejam mais votados do que as localidades do interior com excepção de Évora. Ficam estrategicamente localizadas no centro de Portugal e no litoral, e que com uma maior fluxo de pessoas permita que sejam mais visitadas do que Vila Viçosa, Marvão, Monsaraz ou Vila Real por exemplo.

Terceiro a densidade populacional. Este é também um dos factores que irá influênciar decidamente a votação. Como pode Vila Viçosa competir com concelhos com um maior número populacional? É simples não pode. Évora com quase 60.000 habitantes no seu concelho ainda vai tendo essa capacidade, agora Vila Viçosa é completamente impossível! E com as taxas de alfabetização dos concelhos do litoral? Também não pode. É simples, esta votação foi durante meses uma votação elitista, em que só se podia votar por Internet. Agora já se pode votar por telefone ou por SMS. Tentem agora explicar aos idosos do concelho de Vila Viçosa o que é a Internet, o que é um telemóvel ou a pagar 60 cêntimos para votar no Paço Ducal... Tentem fazer o mesmo com um idoso de Lisboa, Porto, Coimbra ou Guimarães... E temos ainda as faixas etárias. As localidades que referi atrás têm mais jovens do que o concelho de Vila Viçosa tem habitantes...

Por fim as Etiquetas. Acho muita piada quando referem que Guimarães é o Berço da Nação, que se somos Portugueses o devemos a D. Afonso Henriques e a Guimarães. Concordo parcialmente. É graças as estas etiquetas que umas localidades se tornam mais conhecidas em relação a outras, tanto em Portugal como no estrangeiro. Como atrás disse concordo parcialmente. Se Portugal nasceu em Guimarães, renasceu em Vila Viçosa. Se D. Afonso Henriques e Guimarães deram início ao nosso Portugal e à nossa Independência, D. João IV e Vila Viçosa restauraram essa mesma Independência! E nunca ouvi ninguém falar disso na televisão, ou onde quer seja que for! Vila Viçosa foi a Capital da Casa de Bragança. Guimarães pertencia aos Duques de Bragança... Não sei se me faço entender...

Assim, e se no inicio deste concurso fiquei efusivamente entusiasmado considerando que o Paço Ducal de Vila Viçosa era candidato às 7 Maravilhas de Portugal, agora começo a ficar um pouco desiludido por esta eleição que devia ser do povo, ser mais uma maneira de alguém ganhar muito dinheiro. O Paço Ducal de Vila Viçosa não está entre os dez mais votados. Também ainda não recebemos o road-show, será a 19 e 20 deste mês, assim como ainda faltam dois meses para o fim da votação e só agora, lentamente Vila Viçosa vai despertando para esta eleição. Assim, considero que Vila Viçosa é claramente um outsider com ainda algumas boas hipoteses de cortar a meta em lugares pontuáveis, leia-se 7 primeiros. Acredito que isso ainda é possível!

Assim peço aos amigos leitores que votem no Paço Ducal de Vila Viçosa por Internet, por telefone e por sms! Que divulguem o Paço Ducal de Vila Viçosa! Que visitem Vila Viçosa com os vossos amigos e apreciem com os vossos próprios olhos o que melhor Vila Viçosa vos pode oferecer e que de certeza não encontram em mais lado nenhum em Portugal! E de boleia votem também nas 7 Maravilhas de Vila Viçosa, esta sim uma iniciativa sem qualquer objectivo comercial, apenas de divulgação e que até agora tem sido um sucesso!

Vamos contrariar a lógica que há largos anos impera em Portugal. Vamos colocar um monumento do interior nas 7 Maravilhas de Portugal. Mas acima de tudo, vamos dar o devido reconhecimento ao Paço Ducal de Vila Viçosa, local onde Portugal recuperou a sua Independência!

Etiquetas: , ,